VISADXS: artes visuais no combate ao racismo estrutural

Por Daniel França

francadaniel7@gmail.com

Carolina Maria de Jesus, escritora brasileira. (Arte: Vitória Helen)

Inovando na forma de realizar as suas atividades, a Livro Livre Curió debate Representatividade Negra nos tempos atuais com jovens e adultos nas redes sociais com o projeto Visadxs.

Por meio do XI Edital Ação Jovem da Rede Cuca, a biblioteca comunitária realizou formações e mediações que debatem os conceitos de autores e personalidades do movimento negro como Ângela Davis, Carolina Maria de Jesus, Aqualtune, Elza Soares e entre outros (as), como forma de dá visibilidade ao assunto para combater o racismo estrutural existente na sociedade.

Além das formações, o Projeto Visadxs realizou uma exposição online com obras da (os) artistas visuais Vitória Helen (Arthemis), Jonata Teixeira e Daniel Firmino. E, também contou com a realização de um sarau virtual no facebook da Livro Livre Curió que trouxe artistas negros das comunidades de Fortaleza para apresentar os seus trabalhos.

A origem do nome “Visadxs” vem da linguagem usada nas comunidades “visado”. Esse adjetivo têm duas conotações: a primeira é negativada e fala sobre um espaço ou uma pessoa que é envolvida em atividades criminosa, como: “aquele lugar/pessoa é sujeira. Tá visado!” e a segunda é referente a algo ou alguém que têm inúmeros talentos ou recursos que é visível para todos, tornando-se um objetivo de admiração ou de cobiça, como: “aquela pessoa é visada.”.

"Nos dois termos, o adjetivo está estreitamento ligado à visibilidade. Invisibilidade e o apagamento essas são duas características do racismo estrutural que não permite representações que não seja caricaturais de pessoas negras, indígenas e não brancas para lega-lhes posições subalternas e de dominados.” ressalta Talles Azigon, um dos organizadores da biblioteca e do Projeto Visadxs.

O projeto Visadxs é de autoria do artista visual Daniel Firmino em parceria com a Livro Livre Curió.

Para ver as obras da exposição clique aqui.


Serviço

Data do Sarau: 10 de Junho de 2020

Disponível nas redes sociais:

Facebook: Livro Livre Curió – Biblioteca Comunitária

Instagram: @livrolivrecurio

Realização: Livro Livre Curió – Biblioteca Comunitária com o apoio do IX Edital Ação Jovem da Rede Cuca


COMO CHEGAR NA CASAVOA?

ÔNIBUS

Terminal da Messejana           Terminal Antônio Bezerra

676 - Conjunto Curió                       855 - Bezerra de Menezes/ Washington Soares

696 - Curió/Messejana

Terminal do Papicu

627 - Lagoa Redonda/Papicu

LLC Branco.png

Copyright © 2020 | Livro Livre Curió - Biblioteca Comunitária